top of page

Rezar e Obedecer: minissérie real chocante da Netflix

Rezar e Obedecer: minissérie real chocante da Netflix é baseada em uma série de crimes reais com adeptos até hoje. Assim, a minissérie da Netflix tem deixado seus assinantes chocados

Rezar e obedecer

Primeiramente a minissérie Rezar e Obedecer conta apenas com 4 episódios. Além disso, é uma produção de Rachel Dretzin. Indicada ao Emmy por documentários como Black America Since MLK: And Still I Rise e Makers: Women Who Make America. Assim, a série documental mostra a ascensão de Warren Jeffs na Igreja Fundamentalista de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Mas o mais chocante, certamente, é caso criminoso contra ele. Em 2008, uma operação policial em um rancho no Texas atraiu a atenção do mundo todo: foram encontradas evidências impressionantes de abusos sexuais, físicos e psicológicos, e mais de 400 crianças ficaram sob custódia do Estado.

Uma história chocante

Rezar e Obedecer apresenta uma visão detalhada de uma misteriosa seita poligâmica. A Igreja Fundamentalista de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, conhecida como FLDS. Além disso, a minissérie mostra detalhes da ascensão do “profeta” autoproclamado Warren Jeffs.

Rezar e Obedecer: minissérie real chocante da Netflix

Rezar e Obedecer: minissérie real chocante da Netflix – Imagem: Divulgação


Além disso, nos 4 episódios é possível ver imagens de arquivo inéditas e depoimentos impressionantes de pessoas que conseguiram escapar da seita.

Poligamia ou controle sobre as mulheres?

Jeffs comandava uma seita criminosa que obrigava menores de idade a se casar e engravidar, entre outras formas de opressão, e esta história revela a extraordinária coragem necessária para enfrentar uma dominação tão cruel.

Rezar e Obedecer: minissérie real chocante da Netflix

Rezar e Obedecer: minissérie real chocante da Netflix – imagem: Divulgação


Na produção de true crime, a cineasta Rachel Dretzin investiga casos pesados dentro da ramificação do Mormonismo. São acusações de pedofilia, abuso sexual e práticas poligâmicas na seita de Warren Jeffs. E a grande maioria com provas (e muitas provas, socorro).

Aliás, a diretora está de parabéns ao expor a seita de Jeffs. Particularmente sobre a perspectiva de mulheres que escaparam da religião e sobreviveram para contar suas histórias.

Mas Rezar e Obedecer tem tudo para repetir – e até mesmo superar – o sucesso de Pai Nosso?, outro hit de true crime da Netflix.


0 visualização0 comentário

Comentários


bottom of page