top of page

PLAYMODE: uma releitura dos jogos e da relação com o mundo

Se você mora em BH e está pensando em um programa baratinho para o fim de semana ou algum dia depois do expediente, tenho uma dica para você: O Centro Cultural do Banco do Brasil está com a exposição PLAYMODE, que propõe reflexões sobre como os jogos podem nos fazer entender o mundo em que vivemos.

A mostra vem de Portugal e contém uma série de obras de vários artistas do mundo. Além das obras expositivas, tem obras interativas para aproveitar com muita calma e o melhor.

Algumas coisas chamam bastante a atenção. Uma delas é a releitura do xadrez proposta por Ricardo Barreto e Raquel Fukuda, com tabuleiros para os visitantes entenderem melhor a proposta dos artistas.

Há um jogo em pixel sobre a famosa performance ”The Artist Is Present” de Marina Abramovic no MoMA. No jogo, de Pippin Barr, o tempo é um aspecto central da experiência e vai desde a atenção com os horários de funcionamento do meu à fila para ver ou participar da performance.  

https://youtu.be/OS0Tg0IjCp4

E por fim, outra coisa que me chamou a atenção foi ver Bury me, my love lá. É um serious game de aventura que se passa na troca de mensagens entre Nour, imigrante síria que está tentando encontrar o caminho até a Europa. Seu marido, Majd, continua na Síria e mantém contato com a esposa apenas por mensagens (e é o papel que o jogador assume), devendo orientar e confortar elas nas situações que passa. Esse é um dos jogos mais tocantes que já tive contato.


Não há informação sobre faixa etária mas é importante informar que, como todo museu, há um texto sobre os autores e o contexto da obra ao lado de cada item. No final da exposição existem itens que permitem reflexões interessantes sobre a violência em GTA, por exemplo, e sobre o uso de jogos para treinamento de militares norte-americanos. Pode, então, ter temas um pouco pesados para o público infantil mas é apenas uma pequena parte.

A exposição ocupa o terceiro andar inteiro do CCBB e está dividida em quatro setores. Sugiro separar pelo menos uma hora para ver o acervo com tranquilidade e jogar um poucos do que tem lá. Se você quer só ver e ler a respeito de cada item, aí vai gastar menos tempo. 

O acervo foi montado com muito cuidado e está incrível. Pude ir numa quarta durante o almoço e estava bem tranquilo para aproveitar tudo e transitar pelo local, com exceção da parte com os jogos que, claro, prende a atenção de muita gente e estava mais cheia. Postar a foto de tudo que pode ser visto lá vai estragar a experiência então meu conselho é: vá até lá e aproveite!

PLAYMODE fica no CCBB até dia 06/06/22, de quarta à segunda, de 10h às 22h. A entrada é gratuita mas precisa ir na bilheteria retirar uma entrada. O local possui totens com álcool em gel e a visita deve ser feita toda com uso de máscara.  Para mais informações, consulte o folder aqui.

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page