top of page
  • Foto do escritorYzza

O poder da amizade em Turma da Mônica: Lições

Baseado na graphic novel homônima de Lu e Vitor Cafaggi, o filme de Daniel Rezende é uma sequência de Turma da Mônica: Laços (2019), produzido pela Maurício de Sousa Produções, e coproduzido por Paris Filmes, Paramount Pictures e Globo Filmes. O elenco traz Giulia Benite como Mônica, Kevin Vechiatto como Cebolinha, Laura Rauseo como Magali, Gabriel Moreira como Cascão e ainda conta com nomes como Isabelle Drummond, Mallu Mader, Mônica Iozzi e Paulo Vilhena e participações especiais do próprio Maurício de Sousa e sua filha Mônica, em quem a protagonista é inspirada.

A Turma da Mônica é, provavelmente, o gibi brasileiro mais conhecido no Brasil e no mundo. Em 2009, a Maurício de Sousa Produções lançou uma série de quadrinhos em que artistas brasileiros -entre eles Laerte, Ziraldo, Angeli- fariam suas releituras das personagens de Sousa em homenagem aos 50 anos de carreira do quadrinista, a série foi chamada de MSP 50. Desse projeto nasceu o Graphic MSP, em que artistas brasileiros consagrados foram convidados a fazer novas histórias em formato de graphic novel, dentre eles os irmãos Vitor e Lu Cafaggi.

O filme mostra Mônica, Magali, Cebolinha e Cascão tendo que lidar com as consequências de seus atos e as dificuldades de crescer, ao mesmo tempo em que têm que lidar com as decisões de seus pais, que nem sempre são as melhores ou mais lógicas.

Após tentar fugir da escola por não terem feito a lição de casa, a turma se envolve em um acidente em que Mônica sai machucada. Preocupada com o bem estar da filha, Dona Luisa resolve afastar a filha dos amigos, colocando Mônica em outra escola em horário integral. Os pais das outras crianças também as colocam em diferentes atividades: Magali vai para uma aula de confeitaria para aprender a lidar com a ansiedade, Cebolinha inicia tratamento fonoaudiólogo e Cascão é matriculado na natação. Aos poucos, a turma vai percebendo que é possível fazer novas amizades, sem deixar os velhos amigos para trás.

O filme é muito bonito e emocionante, principalmente se você, assim como eu, cresceu lendo os gibis da Turma da Mônica. É um filme infanto-juvenil, mas que agrada a todos, com um enredo bem trabalhado apesar de não ser muito complexo. A atuação das crianças é impressionante e envolvente, o que torna a experiência bem imersiva.

Importante destacar a caracterização que, de maneira genial, adaptou os figurinos para que fosse possível identificar as personagens facilmente, mas também que fosse algo aproximado da realidade, incluindo trocas de roupa, uniformes escolares e até um figurino para uma peça de teatro.

O filme deixa aberta a possibilidade de mais uma produção na sequência, que pode ser considerada, uma vez que a graphic novel dos irmãos Cafaggi inclui uma terceira obra intitulada Turma da Mônica: Lembranças.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page