top of page

Lightyear: Pixar traz muita ação, emoção e referências nostálgicas

Saudações queridos nerds! Lightyear, a nova animação da Pixar, chega aos cinemas com uma história emocionante, cheia de ação e cuidado com seus fãs que acompanharam a saga Toy Story desde meados dos anos 90.

Ação de tirar o fôlego!

Como falar de Buzz Lightyear, o corajoso Patrulheiro Espacial, sem mostrar suas aventuras? Impossível!

O filme está repleto de muitos momentos de ação, por isso traz efeitos incríveis e muita referência à clássicos filmes espaciais. Contando com armas laser, naves, espadas e as muitas utilidades do traje de patrulheiro. 

E não pode faltar a presença de personagens engraçados e cativantes, não é mesmo? Cada um com suas qualidades e defeitos, trazendo o toque necessário de comédia para a animação de forma sutil e natural.

Lightyear ganha pôster e imagens inéditas - confira - NerdBunker

Emocionante e cativante

Lightyear tem como trama principal a viagem no tempo. No entanto, não se trata de linhas temporais e sim de algo mais realista como apresentado no filme Interestelar de 2014.

Buzz passa alguns minutos no espaço, enquanto para os habitantes do planeta ele ficou no espaço por anos. O looping é mostrado de forma emotiva e cativante, onde cada personagem traz e ganha um novo aprendizado.

Até mesmo o robô-gato de suporte emocional, um presente da melhor amiga de Buzz para que ele se sentisse bem e pudesse se adaptar à nova realidade dos anos que foram perdidos, mostra ser mais do que um “pet fofo”, lembrando bastante a dupla de robôs da saga Star Wars: C-3PO e R2D2. 

we are all connected; — look at them🚀🐾🐱💙

Introdução de personagem LGBTQIA+

Chega de forçar algum personagem a ser LGBTQIA+, Lightyear apresenta de forma clara o relacionamento da melhor amiga do protagonista. 

Uma postura ousada por se tratar das animações Pixar e dos estúdios Disney, que tiveram o cuidado de inserir de forma natural e emotiva na trama. 

A possibilidade de se tornar uma grande polêmica é grande por ser um filme infantil, um público bastante delicado. Uma vez que até propagandas infantis foram proibidas na TV por “distorcer valores e estimular a cultura do descarte”, entre outros problemas alegados pela Senacon.

Referências nostálgicas

Qual criança dos anos 90 não cansava de ver e rever os filmes de Toy Story repetidas vezes? Por isso é bom ficar atento pois todas as referências são para você!

A icônica frase “ao infinito e além” tem um significado muito mais forte que se imagina. Além disso, o comportamento do heroi também explica muitas reações que o boneco faz em sua saga.

Preparado para conhecer a história do grande vilão Zurg? Aquele que o perseguiu constantemente em Toy Story 2 (1999), fazendo uma grande revelação.

8 detalles que debes saber sobre “Lightyear”, la precuela de “Toy Story”

Dublagem brasileira

Enquanto no original americano Chris Evans dá voz à Buzz, aqui no Brasil o escolhido foi Marcos Mion. 

Desde o primeiro filme de Toy Story, o personagem foi dublado por Guilherme Briggs. Por esse motivo, vários fãs não gostaram da troca.

Como Briggs deu voz ao boneco, queriam uma voz diferente para o Buzz real, por essa razão decidiram fazer a troca.

A diferença não incomodou, mostrando que a TV Group Digital Brasil e Marcos Mion se dedicaram a manter a essência do personagem.

Lightyear: Marcos Mion dublará Buzz em versão brasileira

E é isso nerds!

Lightyear é uma obra emocionante, sendo feita com muito cuidado e de forma especial para os fãs.

Depois desse filme, você sai do cinema pensando o quanto Woody também merece um filme contando sua história. Me diz depois o que acham!

Que a Força esteja com vocês e espero que apreciem a obra em todos os seus detalhes.

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page