top of page

Digimon Adventure 02: O Ínicio – Crítica

O inicio, mais uma vez.

Digimon Adventure 02 – O inicio  é o novo longa da franquia, uma sequência da primeira e segunda temporada exibidas de 1999 a 2001. A trama se passa pouco tempo depois dos acontecimentos de Digimon Adventure: Last Evolution Kizuna, que finalizava o arco dos primeiros digiescolhidos da primeira temporada e agora dando continuidade nos protagonistas da segunda temporada clássica.

A história começa com nossos protagonistas sendo surpreendidos com a presença de um digitama (ovo Digimon) gigante no céu (do nada) de Tóquio, e então se unem novamente para investigar o que está acontecendo. No processo eles encontram com Lui, um jovem misterioso que revela ser o primeiro digiescolhido, antes mesmo de Tai e o grupo original que conhecemos.

A partir daí, com todos reunidos novamente, eles começam a investigar o passado de Lui e entender melhor como tudo se iniciou e influenciou o mundo com a conexão de humanos e digimons.

O que esperar.

O filme com aproximadamente 76 minutos parece mais um episódio especial para que possa iniciar uma nova temporada que crie o desfecho da trama do segundo grupo assim como foi com Tai, Matt, Mimi, Joe, Sora e seus companheiros monstrinhos digitais. A narrativa se estende muito com muitos diálogos e flashbacks, e muito pouco de envolvimento dos digimons, deixando para uma sequência de ação no terceiro ato, que por sua vez se resolve de maneira rápida e sem nenhuma grande reviravolta.

Apesar da surpresa de adicionarem a história do primeiro digiescolhido, isso não interfere ou altera a cronologia estabelecida anteriormente e apesar de ser “O Ínicio”, o diretor Tomohisa Taguchi diz que este é o seu encerramento com a franquia, dando a entender que não gosta de preencher lacunas para estender a franquia.

Grandes fãs da franquia vão adorar rever estes personagens, irão se surpreender que os dubladores Gilza Mello, Adriana Torres, Gustavo Pereira, Marcelo Sandryni, Ricardo Juarez e Carol Kapfer retornam como as vozes originais de Digimon (1999-2001) mais uma vez.  Bem, com esse filme, não parece que vai parar por aqui, já que todo este esforço para trazer ás salas de cinema, não deve ser uma estratégia de despedida para os monstrinhos e seus amigos.

Nota: 6/10

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page