top of page

Dia de combate a LGBTfobia: uma homenagem às pessoas trans no universo pop/nerd

Neste domingo celebramos o Dia Internacional de Combate à LGBTFobia. Essa data se tornou importante para o movimento LGBT por ser o dia em que o termo “homossexualismo” foi retirado da lista de distúrbios mentais do Código Internacional de Doenças, pela Organização Mundial de Saúde (OMS), em 1990.

Pensando nisso, listamos algumas pessoas trans marcantes para o universo pop/ nerd/ geek!

Antes, é importante entender que a transexualidade não é uma chavinha que a pessoa muda; um dia ela dorme com um gênero e no dia seguinte, acorda decidida a se identificar com outro. É uma construção e cada um leva o tempo que precisar levar.

Justamente por isso não achamos certo reduzir a luta dessas pessoas colocando que a fama delas veio quando ainda eram “homens”, por exemplo. Não sabemos – e nem precisamos saber – do processo de transição das pessoas, devemos apenas respeitar.

Então vamos lá pra lista!

Lana & Lilly Wachowski

As famosas irmãs WACHOWSKI foram responsáveis pela criação de MATRIX, a trilogia que mudou vários paradigmas do cinema e do mercado cinematográfico.

As irmãs foram também responsáveis pelo projeto SENSE8, da Netflix. No elenco, outra mulher trans: a atriz Jamie Clayton interpretou Nomi Marks, também uma personagem trans, e na história abordava pontos de sua transição e o preconceito.

Aproveitando o gancho de atrizes e atores trans na cultura pop, tem mais gente legal pra mencionar atores trans, como Ian Alexander (Buck em The OA) e Lachlan Watson (Theo em O Mundo Estranho de Sabrina).

Se formos colocar a lista de todos atores e atrizes, nem vai ter fim! Porém, aproveitando que já trouxemos alguns, vale mencionar também  Daniela Vega (Oscar em A Mulher Fantástica), Maria Clara Spinelli (atriz brasileira em A Força do Querer), Hunter Schafer (Euphoria, série da HBO), Trace Lysete e Alexandra Billings (série Transparent da AmazonPrime) e Hari Nef (Blynthe na série You).

Laverne Cox

Laverne Cox ficou famosa por interpretar Sophie em Orange is The New Black, mas aqui ela ocupa um lugar especial por ter sido contratada pela MARVEL para interpretar Sera, a única personagem trans da franquia. Nos quadrinhos Sera faz parte do Anchorite, um pequeno grupo de anjos masculinos sem asas que viviam dentro de um templo, e aparentemente nas telonas a personagem irá aparecer na série LOKI e no próximo filme de THOR.

Wendy Carlos

Wendy Carlos é, hoje, uma pessoa muito importante dentro do universo de música eletrônica pois ajudou a criar um famoso sintetizador (o sintetizador Moog, que faz aquele efeito tipo o da abertura de Stranger Things).

Mas além disso, Carlos foi responsável pela criação das músicas em Laranja Mecânica (A clockwork orange), O Iluminado (The Shining) e Tron (sou apaixonada pela trilha dos dois filmes, são muito boas!).

Laerte

Uma das maiores e mais respeitadas cartunistas do país, Laerte criou personagens clássicos os Piratas do Tietê e o Overman, além de ter colaborado com as revistas Veja e Istoé e com os jornais Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo.

E embora não seja alguém real, faremos uma menção honrosa à POISON

Poison é um dos exemplos mais antigos de personagens transexuais em videogames! Ela vem de uma época que pessoas transgênero eram ainda mais incomum e visto de uma forma bem negativa, ou até tratado como piada. Isso foi mudando até a forma com que ela aprecia nos jogos: começou como uma gerente de um lutador, até virar uma lutadora de fato.

E aí, faltou alguém na lista?

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page