top of page

Crítica | Guardiões da Galáxia Vol. 3: um adeus emocionante

Amanhã acontece a estreia mundial do terceiro e último filme de uma das franquias de maior sucesso do MCU: Guardiões da Galáxia. O último filme da Marvel sob a direção de James Gunn cumpre tudo aquilo que promete e aqui vou contar brevemente minhas impressões do filme SEM SPOILER.


A história

Guardiões da Galáxia Vol. 3 não é nada daquilo que imaginamos ser, se tomar por referência os trailers. Porém, não é algo ruim: todas as cenas do trailer acontecem, de fato, e não estão distorcidas. A genialidade é como isso vai se desenvolvendo em uma história envolvente, cativante e emocionante.

Acompanhamos a saga dos Guardiões exatamente como os vimos pela última vez (no Especial de Natal e em Thor: Amor e Trovão). Desde o primeiro filme já havia entre aquelas pessoas um vínculo muito forte de amizade e confiança. Com o desenvolvimento de todos eles ao longo dos diversos filmes que foram feitos, percebemos que ali há uma verdadeira família, uma família que todos escolheram fazer parte.

Esse vínculo especial tem sido a cereja do bolo da história dirigida por James Gunn e não é diferente nesse último filme. Afinal, tudo precisava ser muito especial aqui, principalmente por ser a despedida dos Guardiões como conhecemos: Peter Quill / Star-Lord (Chris Pratt), Gamora (Zoe Saldana), Rocket (Bradley Cooper), Drax (Dave Bautista) e Groot (Vin Diesel).

Tá completo: vazou o roteiro de Guardiões da Galáxia Vol. 3; veja quem  morre - Jornal Tribuna

Uma das maiores novidades é a aparição de Adam Warlock (Willian Poulter), personagem que nos quadrinhos é sinteticamente criado pelo Enclave, “morto” e depois renasce pelas mãos do Alto Revolucionário, que o presenteia com a Joia da Alma. O personagem teve uma longa jornada até fazer parte de uma das formações dos Guardiões da Galáxia. O filme reescreve essa história, sem deixar de honrar os laços na história desse personagem.

Referências

A história do filme basta por si só, principalmente se você tiver acompanhado apenas os filmes dos Guardiões e Vingadores Ultimato. Aqui, porém, quero listar alguns easter eggs do filme que foram bem legais de encontrar.

O primeiro é o especial de natal que saiu no ano passado. A dupla Mantis Drax está ainda mais próxima e essa amizade é bem explorada no terceiro filme. Uma das cenas pós crédito deixa uma referência em um detalhe da cena (bem fácil de ser percebido se você assistiu o especial).

Outra referência bem legal é ao próprio jogo dos Guardiões, lançado em 2020. Inclusive, fizemos um guia completo dos trajes do jogo e lives da gameplay. Além de contar com alguns personagens que vimos no jogo, uma cena de luta em específico lembra demais as cenas de luta do jogo, quando a aventura está um pouco mais avançada. Aliás, é nostálgico retornar a LugarNenhum depois de poder explorar o lugar no jogo. 

Aliás, ainda sobre o jogo, me pareceu muito familiar a forma com que Adam Warlock é introduzido na história. 

Guardiões da Galáxia Vol. 3': Novas imagens destacam Adam Warlock e momento  de tensão entre a equipe; Confira! – CinePOP Cinema

Sylvester StaIone  e Nathan Fillion tem participações hilárias no filme, e um personagem importante recebe uma linda homenagem. 

Falar mais que isso pode acabar relevando mais que o necessário, mas existam outras referências bem legais no filme. 

Vale a pena?

É muito bom e é, tranquilamente, um dos melhores filmes do MCU. É saudoso, emocionante, divertido e uma bela despedida de todos personagens que nos cativaram ao longo dos anos.

Você vai se emocionar muito nesse filme, mas não pelos motivos que as pessoas tem especulado. E não se esqueça: existem duas cenas pós créditos! Então, não tenha pressa em levantar da cadeira quando o filme terminar.

Nota: 10/10

Ficha técnica:

Direção: James Gunn

Duração: 2h30min

Classificação Indicativa:

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page