top of page

As Diamond Girls em Ted Lasso

Para você que não conhece a série exclusiva da Apple Tv que estreou em 2020, Ted Lasso usa o nome “Diamond Dogs” para se referir a um grupo de amigos que se reúnem para desabafar sobre problemas pessoais, quase que como um grupo de terapia em conjunto. As personagens femininas que vou colocar aqui são os outros diamantes da série, famosa por desenvolver com sensibilidade e delicadeza temas importantes. 

Ted Lasso: Why Keeley and Rebecca's Friendship is Important | CBR

O famoso teste de Bechdel

Para questionar se uma obra de ficção trata mulheres de forma não objetificada nem caricata, costuma-se utilizar esse teste que recebeu o nome em homenagem à cartunista Alison Bechdel, que colocou essa ideia em uma de suas histórias em 1985. É uma forma de entender se determinado produto é “woman friendly” e trata os papeis femininos além de meros acessórios para que o protagonista, geralmente um homem branco e cis, consiga alcançar sua missão.

Não penso que toda obra deva ser problematizada e é possível curtir seu teor sem pensar em qualquer outra questão que te leve para além daquilo, porém em alguns casos essa análise pode tornar o produto ainda melhor. Ted Lasso é um desses casos, ao menos no elenco principal.

O teste consiste basicamente na verificação de três regras:

  1. Se existe, pelo menos, duas mulheres;

  2. Se elas interagem umas com as outras;

  3. Se na interação, há assuntos que não sejam homens e sua relação com eles. 

Existem outras variações como: as mulheres devem ter nomes ou que o diálogo entre elas dure, pelo menos, 60 segundos. Veja que muitos filmes e blockbusters por aí, inclusive atuais, não conseguem chegar sequer na segunda regra, imagine só a terceira. Pense nos filmes a partir dos anos 2000 como Matrix, Lara Croft, Star Wars (I ao VI), Avatar, Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte 2, Senhor dos Anéis, Vingadores, O Irlandês, e séries populares como Breaking Bad, Dexter e Mad Men. Até The Last Kingdom e The Big Bang Theory escorregam mas acabam passando no teste.

Se você quiser, pode conferir esse site aqui com catálogo de filmes que passaram ou não no teste. Pessoalmente para mim, conhecer o teste foi importante pois me fez entender o motivo de eu me sentir incomodada com determinados filmes, jogos, quadrinhos e séries amados por praticamente todo mundo. 

As Diamond Girls

Antes é importante registrar que não são todas as personagens femininas que passam no teste e provavelmente nem seja justo considerar que todas devam superá-lo. Shannon (Shannon Hayes), por exemplo, a garota boa de futebol que mora no bairro de Lasso, ou a pequena participação de Michelle (Andrea Anders), esposa de Ted, só tem interações com ele ou outros personagens masculinos. May (Annette Badland), dona do pub, também, e com ela é interessante fazermos o paralelo com o trio de homens que também só aparecem nas cenas do pub: enquanto May só conversa com seus clientes homens – nas cenas em que vai além de anotar pedidos – o trio tem entre eles diálogos hilários e praticamente um episódio especial. Na segunda temporada aparece a mãe de Rebecca, que praticamente entra em cena para falar do relacionamento com o marido e como isso afeta sua dinâmica com a filha. 

Dra. Sharon (Sarah Niles), a psiquiatra, passa tanto tempo interagindo com Lasso que por vezes parece uma amiga imaginária do protagonista e, como o lugar comum do papel de suporte da mulher nas telonas, ela ajuda o protagonista a ser uma pessoa melhor. Porém preciso reforçar aqui o mérito da personagem da Dra. Sharon: ela superou o superficial “mulher negra terapeuta”, ganhando profundidade na série, e me fez gostar muito do desenvolvimento dela.

Bem … dá para desenvolver um texto robusto sobre as falhas dessas personagens e fazer muitos outros paralelos com personagens masculinos mas vou deixar isso de lado, registrando como ressalva, para tentar focar na parte boa em que a série consegue passar no Bechdel.  

Rebecca (Hannah Waddingham), Keeley Jones (Juno Temple), Sassy/Flo (Ellie Taylor) e Nora (Kiki May) possuem construções bem interessantes as quais vou trazer aqui com o cuidado de não relevar nenhum detalhe da história e estragar a experiência de quem ainda não assistiu a série. As quatro estão conectadas por um forte laço de amizade que é construída de uma forma muito rica em cada episódio. 

Ted Lasso Recap | Season 2 Episode 3 Do The Right-est Thing

A primeira construção na série é a relação de amizade formada por Keeley Rebecca. Enquanto a primeira está percebendo os problemas do relacionamento em que se encontra, a segunda está se mostrando muito maior do que um suposta vilã que apenas quer boicotar o sucesso do time. de futebol que comanda. As duas são bonitas e bem sucedidas mas estão atormentadas pelos próprios relacionamentos amorosos. A partir das dores e inseguranças as duas se aproximam e aí se constrói uma bonita amizade entre duas mulheres com idades diferentes mas que conseguem se ajudar a crescer.

O que Rebecca e Keeley tem é realmente bonito e contagiante, coisa que até mesmo Ted Lasso percebe não fazer parte e não interferir. Acho que esse é um toque especial pois deixa que as duas personagens se desenvolvam sozinhas sem que sirvam de muleta para que Lasso conte mais sobre a sua história.

Em volta dessas duas surge Flo e Nora, que são elementos para enriquecer o background de Rebecca e resgatar as características admiráveis que a personagem tem (que vão muito além das frustrações da Fedorenta com o seu ex-marido) mas que acabam atraindo o carinho do telespectador quando a série mostra um pouco além das duas. A forma com que Nora admira mulheres de poder e como enaltece a madrinha são pontos bem legais, além das partes em que Flo, nos poucos momentos em que não está correndo atrás de um certo homem, tenta sempre tirar o melhor da amiga de infância. 

How 'Ted Lasso' Succeeds At Representing Female Friendships - Fangirlish

A primeira temporada de Ted Lasso ensina, dentro do que é possível, sobre relacionamentos e sobre aprender a tratar sempre com pessoas, já que cada um está vivendo as próprias batalhas. Isso é uma nuance presente em quase todos os personagens do arco principal. Já a segunda temporada foca em saúde mental, apagando um pouco os personagens que ganharam profundidade antes. Para não ser injusta, a última temporada fala também sobre a importância de laços afetivos e novamente, aqui é o lugar comum do papel feminino e é parte importante do desenvolvimento de Keeley e Becca

Apesar disso, a série consegue trazer duas personagens incríveis e conduzir a história das duas independentemente do que está acontecendo na vida do protagonista e isso é um grande passo. Ted Lasso pode não passar com louvor no teste de Bechdel (se levar em conta TODAS as personagens femininas) mas certamente as Diamond Girls Keeley e Rebecca tiram isso de letra e deixam como legado uma amizade forte moldada pela admiração e respeito entre mulheres dentro de uma série de grande sucesso. 

The Ladies of Ted Lasso. The female relationships in a show… | by Kendra  Stanton Lee | Medium

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Коментари


bottom of page