top of page

Animais Fantásticos Os Crimes de Grindelwald – Crítica

Viva a Magia!

“ A magia se manifesta somente em almas raras.”

Sim “seus geek maluco” finalmente chegou o tão aguardado momento: o lançamento de Animais Fantásticos – Os crimes de Grindelwald.

A sequência do filme que nos trouxe de volta o universo mágico cumpre o que promete: aprofundar cada vez mais os novos personagens sem se desvencilhar dos nossos “velhos” conhecidos…

A imersão neste mundo da magia é tão bem construída que durante as 2 horas e 20 minutos de filme os feitiços, animais mágicos e bruxos tornam-se tangíveis o que não nos deixa outra opção a não ser acreditar em sua existência. (Deixo registrado aqui que eles existem sim!!! Rs)

Como toda continuação, correm-se riscos e, neste caso, a meu ver, foram muito bem calculados. Esta película segue uma linha mais séria devido ao tom de gravidade dado pela narrativa um pouco mais sombria do que a do seu antecessor. Graças ao vilão Grindelwald (Johnny Depp ), nosso quarteto preferido Newt Scamander (Eddie Redmayne ) , Tina Goldstein (Katherine Waterston ) , Queenie Goldstein (Alison Sudol) e Jacob Kowalski ( Dan Fogler) precisa passar por novos desafios,provações, tentações e aventuras. Eles contam com a ajuda de novos personagens: Leta Lestrange ( Zoë Kravitz) , Theseus Scamander (Callum Turner) e Nicolau Flamel (Brontis Jodorowsky ) (nem tão novo assim, Rs) que são igualmente cativantes,e, como não poderia deixar citar aqui, recebem suporte também do nosso Bruxo/Professor/ Crush (sim, agora é crush, “tô em conflito” rs) Alvo Dumbledore (Jude Law)!!!

Acompanhamos também a volta de Creedence Barabone (Ezra Miller) que tem sua própria jornada para percorrer no novo mundo que se abriu desde a descoberta feita por ele anteriormente de que “desenvolveu um Obscuros” devido à repressão de sua magia. Somos apresentados à amiga de Creedence ,uma Maledictus, que nos deixou chocados ao descobrimos que ela na verdade é Nagini (Claudia Kim), a serpente de Lord Voldemort.

Alguns segredos revelados nos trailers não foram de fato entregues em sua totalidade o que resguarda a experiência imersiva.

Assim como o primeiro filme, este também agradará mesmo os que não são fãs do universo de Harry Potter, os “trouxas” ( desculpem o trocadilho, foi inevitável) mas, aumentará o amor, afeto, dúvidas e teorias, dos Potterheads de plantão que acompanham o mundo bruxo e compõem o “Fantastic Fandom”.

Sim meu companheiro Potterhead, este filme foi feito para você.

Pense naquelas referências que só você que leu todos os livros e que viu as adaptações na telona vai conseguir entender. Pensou? Estão presentes!

E aquela trilha sonora arrebatadora que se mescla com a trilha original de Harry Potter e que já te dá aquela tremedeira e te faz encher os olhos de lágrimas? Check! E a consolidação de alguma teoria que tem te tirado o sono? Tem também! E, por outro lado, aquilo que você tinha certeza que ia acontecer e “na hora H” a “JK” te dá outra resposta que você na sua pequenez não imaginaria? Sim, ela fez isso! Pense na aparição de personagens que você nem sabia que iam aparecer e que te trazem aquele quentinho no coração…ou te deixam boquiaberto…Tem viu, e a gente até pula do assento! E tantas outras coisas surpreendentes! Plot twist? Check! Enfim, um fervilhar de ideias novas que só JK Rowling poderia nos apresentar.

Passando para o aspecto técnico, o roteiro de Jk Rowling continua pertinente com o filme anterior e faz links importantes com os filmes de Harry Potter. (Temos alguns pontos duvidosos em relação à cronologia? Temos. Mas não compromete a experiência). Unindo-se o roteiro dela com a direção de David Yates prova-se que a parceria continua dando certo. Yates não é uma unanimidade entre os fãs, mas, imprime seu tom sério e dramático que a meu ver, combina com a atmosfera deste longa. A trilha sonora já citada é magnífica! E o ponto forte no filme novamente fica para o figurino de Colleen Atwood magicamente perfeito! (vem Oscar!!!) A fotografia é belíssima e os efeitos visuais são de encher os olhos! (os Animais estão lindos!) E o elenco? Já citei anteriormente o aprofundamento dos personagens, isto trouxe um conhecimento maior sobre os mesmos, e possibilitou uma maior apropriação dos mesmos pelos atores enriquecendo a trama e trazendo boas surpresas (tenho ressalvas sim, mas deixarei para o próximo Podcast onde abordarei com spoilers).

Pense, pense e repense. Nada, fará você conseguir imaginar o que se passa na mente de JK Rowling. Estamos em 2018, achamos que conhecemos profundamente este universo mágico, e, ela vem e nos tira o chão! Ela provoca sempre uma mudança de pensamentos, sentimentos, ideias e aspirações. Inspira a prosseguir diante das adversidades e ensina a passar por estas saindo cada vez mais fortes. Através da sua imaginação,nos conduz à ação, ao dinamismo e à mudança significativa em nossas vidas. Obrigada JK Rowling por estar presente em nossas vidas há tantos anos e por continuar nos agraciando com suas obras que também são presentes por si só.

Falando em presente, nós ,fãs brasileiros, recentemente tivemos a melhor notícia do ano: o próximo filme de Animais Fantásticos ao que tudo indica será ambientado no Brasil! Haja ansiedade para passar pelo menos mais dois anos com teorias e possíveis explosões de cabeça. Ainda mais depois deste encerramento do filme… ssshiu! #protecthesecrets

Animais Fanstásticos : Os crimes de Grindelwald estreia dia 15 de Novembro de 2018.


0 visualização0 comentário

Комментарии


bottom of page