top of page

A médium: terror tailandês, mito e religião

A Médium é um filme de terror sobrenatural tailandês dirigido por Banjong Pisanthanakun e produzido por Na Hong-jin. A história é contada na forma de documentário (tal como Bruxa de Blair, porém mais “orgânico”), o que acrescenta um tom de autenticidade na história que está sendo contada.


Segundo a sinopse, em 2018 a equipe acompanhou a vida de vários médiuns na Tailândia e, depois de entrevistar vários deles, decidiu estudar a vida de Nim (Sawanee Utoomma), médium da entidade Bayan. É uma entidade ancestral e milenar cuja mediunidade passa de forma hereditária para as mulheres da família.

Entretanto, no caso de Nim, a entidade escolheu sua irmã Noi (Sirani Yankittikan) mas ela recusou a herança e aí o encargo passou para a protagonista. Durante um velório, conhecemos Mink (Narya Gulmongkolpech), uma jovem alegre que não acredita em xamanismo e, repentinamente, começa a presentar um comportamento estranho. É sob o olhar atento de Nim que iremos descobrir os mistérios dessa pequena cidade, os costumes, as crenças e os segredos de Mink.

A simplicidade misturada com o terror

O filme se passa em um pacato vilarejo de Loei, na região de Isan, nordeste da Tailândia em que as pessoas estão unidas pelo espírito comunitário e pela fé. Os cenários com construções humildes, estradas vazias e campos nos mostra como a simplicidade de uma área rural pode trazer histórias assustadoras. Afinal, quem nunca foi para o interior e ficou apavorado com história de fantasmas que nossos parentes contavam?

O interessante é como a temática da possessão pode ser contada sob a perspectiva de várias religiões. Para quem está acostumado com a perspectiva ocidental de filmes com espíritos e catolicismo, A Médium traz uma história tensa, intrigante e, sobretudo, com uma riqueza cultural incrível.

Nim, uma espécie de xamã da família que recebe Bayan, é uma mulher sábia e sua voz e atitude transmite paz e segurança. Ela percebe algo com Mink e apesar de suas tentativas em ajudar a sobrinha, é impedida pela irmã, que professa outra fé e não acredita que a filha possa estar possuída. Isso fornece um elemento importante de tensão entre fé e família, coisas comuns de nosso cotidiano.

Na medida que os problemas vão tomando maior dimensão em A Médium, a tensão aumenta entre os personagens. Outros elementos vão sendo envolvidos e a história fica cada vez mais intrigante.

Uma das coisas mais curiosas – e talvez ousadas – desse filme é que ele não foi necessariamente ensaiado. Segundo os diretores, com o objetivo em obter reações mais genuínas, os diretores deixaram os atores à vontade sem ter ideia do que aconteceria. Não é a toa que sentimos franqueza nas reações dos autores: boa parte delas foi real.

O terror sob a perspectiva da fé

A Tailândia é um país majoritariamente budista. Embora o filme não foque nos ensinamentos de Buda, apresenta elementos culturais do país junto com divindades e crenças regionais e mostra as peculiaridades que qualquer crença agrega dentro de uma comunidade. Assim, não precisa ser um conhecedor do budismo para entender, no contexto do filme A Médium, a importância que a religião tem para aquela pequena comunidade e como isso conversa com a mediunidade e os conhecimentos ancestrais de Nim.

O esperado terror "The Medium", produção da Tailândia que aborda o oculto e  o xamanismo

Imagem: Divulgação

Porém, o budismo acaba servindo de arcabouço cultural e religioso para o filme, que traz o contraste com o catolicismo e com pessoas não religiosas. Afinal, espíritos, possessão e exorcismo não são assuntos estranhos para as duas religiões. A ideia de mito está inserida dentro da narrativa de terror e está acompanhada do questionamento da fé.

Para os fãs de terror, esse filme é um prato cheio. Quem assistiu Espíritos: A morte está a seu lado (2004), do mesmo diretor, lembra que a história foi um marco tão importante para a cena que o filme já passou por vários remakes e seu final geralmente é lembrado como um dos mais assustadores do cinema de terror.

Logo, se você gostou de Espíritos, Médium precisa estar na sua lista. E, para você que não conhece o mais famoso trabalho do diretor até então, ainda assim esse filme vai te trazer uma experiência assustadora. 

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page